Blog Romaço

Tipos de fixação de Rolamentos Pillow Block

Tipos de fixação de Rolamentos Pillow Block


Postagem de 30/09/2021 por

A linha de rolamentos Pillow Block (autocompensadores com anel externo abaulado e carreira única de esferas) é amplamente utilizado nas mais variadas aplicações industriais.

Essa série permite reduzir o tempo de intervenção nos equipamentos através do sistema de fixação rápido, que pode ser por parafuso, colar excêntrico, colar concêntrico ou bucha adaptadora

Rolamentos de fixação por parafusos (Y, UC, UCX, B, ER, ASS)

Os rolamentos são fixados ao eixo pelo aperto de dois parafusos. Para que a operação seja realizada adequadamente, antes de apertá-los é desejável que o eixo seja desgastado planamente (figura 36) ou escareado (figura 37) na região onde os parafusos entrarão em contato com ele.

Em aplicações em que os rolamentos estão sujeitos a cargas de vibração, choque ou grandes cargas axiais, deve ser usado um eixo com encosto, fixando o conjunto com uma porca (figura 38).

Para essa aplicação, os parafusos devem ser também firmemente apertados.

O aperto excessivo dos parafusos pode dificultar o giro do rolamento ou causar trincas no anel interno e, ao contrário, se houver o aperto insuficiente, os parafusos podem afrouxar-se durante a operação, causando escorregamento entre o anel interno e o eixo.

Portanto, os parafusos devem ser apertados com o torque recomendado conforme tabelas abaixo:

Rolamento de fixação por colar excêntrico (G, GR, GRA, AS, RA, RAL)

No eixo encaixando o rebaixo excêntrico do colar no anel interno do rolamento (figura 39). Para aperto do colar, gire-o na direção da rotação e fixe-o ao eixo apertando o parafuso (tabelas 34 e 35). O colar aperta-se com a força correspondente às cargas radiais de operação.

Se o aperto do colar for à direção oposta à rotação do eixo, ao iniciar a operação o colar irá afrouxar e apertar no sentido da rotação.

Porém, se o conjunto estiver submetido a cargas axiais o eixo pode deslizar no rolamento durante essa operação.

Nas aplicações em que a rotação do eixo ocorre no sentido horário e anti-horário, ou as cargas axiais sejam superiores à capacidade do rolamento é necessário usar um eixo com encosto e uma porca (figura 38).

·  Rolamentos de fixação por colar concêntrico (Y 200 T, ER 200 T)

Os rolamentos com fixação por bucha adaptadora permitem maior tolerância nos eixos e podem ser usados em aplicações sujeitas a vibrações e choques pesados (figura 41).

O processo de montagem deve seguir esses 10 passos:

1 | Deslize a bucha adaptadora no eixo até a posição requerida;

2 | Deslize o conjunto no eixo e acople a parte cônica do rolamento na parte cônica contrária à bucha;

3 | Monte a porca na bucha e aperte com a mão;

4 | Com um marcador industrial referencie a porca e a bucha (figura 42), conforme o eixo do rolamento (tabela 37);

5 | Gire a porca com uma chave apropriada (de gancho) até coincidir com a referência feita na bucha (figura 43);

6 | Retire a porca;

7 | Remonte a arruela e a porca;

8 | Reaperte até fazer coincidir com um dente da arruela;

9 | Dobre um dente da arruela dentro de um entalhe da porca para prevenir afrouxamento; e

10 | Fixe o conjunto à estrutura da máquina.



Fonte: FRM, Catálogo geral de produtos FRM

Elaborado por: Eng. Guilherme Schmidt – Engenharia de Vendas e Aplicações




Receba novidades

Matriz

Rua Dr. João Colin, 985 - América
Joinville/SC 89.204-001
Fone: 47 3481-1000
*Plantão 24h

Exclusivo para contratos

Filial

Av. Rubem Bento Alves, 4634 - Santa Catarina
Caxias do Sul/RS 95.032-318
Fone: 54 3537-1759
*Plantão 24h: 54 98165-0107

Horário de atendimento

De 2ª feira à 6ª feira:
08h às 12h - 13h30 às 18h

2021 © Romaço Rolamentos - Todos os direitos reservados
Systemprime Tecnologia